Blog Aonde Casar

por SIMONE TOSTES

featured_p_img

Aonde Casar também realiza casamentos no Cristo Redentor

(Foto: Anna Quast e Ricky Arruda)

Depois do casamento do DJ Alok, o que mais recebi foi mensagens dos noivos perguntando se também podia casar no Cristo Redentor, e se eu realizaria esse sonho para eles. Foram milhares de mensagens, que respondi a maioria uma a uma. Mas, como uma hora não consegui mais dar conta, decidi fazer este post aqui para explicar e para já adiantar: simmmmm, todos podem casar no Cristo Redentor!!! rsrsrs…

Curta a página do Aonde Casar no Facebook!

Assim como no post que eu fiz sobre casar no Pão de Açúcar, que também é possível, casar no Cristo Redentor é para todos, literalmente. Não são só as celebridades, como o DJ Alok e Michelle Alves, que tiveram este privilégio de trocar as alianças em uma das sete maravilhas do mundo. O monumento está, literalmente, de braços abertos para todo mundo.

A segunda grande dúvida que surgiu entre os noivos é com relação ao valor. E fiquei de queixo caído, o preço para o “sim” começa em R$ 2700 reais. Este valor tem como destino a manutenção do local e o pagamento dos funcionários que vão trabalhar no dia do seu casamento. Isso, porque para casar no Cristo há algumas regras, e a primeira delas é com relação ao horário. Ou você troca as alianças como Alok fez, no amanhecer, antes do monumento abrir para visitação, ou às 17h, quando já se encerraram as mesmas.

(Foto: Anna Quast e Ricky Arruda)

Outra dúvida é onde no Cristo se pode casar. O normal, e mais comum, é acontecer na capela do Cristo, mas há quem prefira, como Alok e Michelle Alves, fazer na parte externa, na frente da capela. E isso tem um motivo: a capela comporta, no máximo, 22 pessoas sentadas e 10 ou 15 em pé. Eu acho lindo casar do lado de fora, convenhamos que você está aos pés do Cristo. Porém, há um ponto que sempre gosto de salientar com os noivos: o vento. Quem já visitou o Cristo percebeu que venta muito, e esse vento é constante, não ache que foi um azar seu naquele dia. É este motivo, inclusive, que impede uma decoração rebuscada ou muito grandiosa. É difícil parar algo em pé!

Uma noiva me perguntou: “Entendi, então, se topo o processo é feito junto à organização do Cristo, eu ainda assim preciso de uma assessoria?” Essa é uma resposta que já tenho na ponta da língua sempre: independente de você casar no Cristo, na Itália, na sala da sua casa, uma assessora é sempre fundamental. E no caso do Cristo, vejo um super papel. Pensem que para subir, o percurso é longo, e não tão simples. É o assessor quem vai pedir a autorização dos carros, que vai acompanhar o entre e sai, afinal, o Cristo está fechado neste momento. É ele também quem vai garantir que se uma tempestade de vento atingir a cerimônia, que todos os convidados possam ser realocados e protegidos. Entenda que você está trabalhando com duas coisas extremamente frágeis: um monumento histórico administrado pelo governo, que não tem expertise em casamentos (e nem deveria ter), e com o clima, que não pode ser combinado antes. Portanto, contrate sempre um assessor! rsrsrs…

Foto que fiz na Famtour pelo Rio de Janeiro com os melhores executivos dos segmentos MICE e destination wedding da Rússia, Índia e Turquia

Após a cerimônia os noivos ficam livres para fazer as fotos, porém, não podem se alongar por muito tempo (outro ponto que se faz necessária a presença de um assessor. Pense se todos os seus padrinhos e convidados quiserem te cumprimentar naquele momento, te falar coisas lindas e desejar todas as felicidades do mundo? É capaz de você perder a chance de fazer fotos em um dos cartões postais mais lindo do mundo).

(Foto: Anna Quast e Ricky Arruda)

Bom, acho que com este post, consegui sanar todas, ou quase todas, as principais dúvidas que recebi por e-mail e Instagram. Quem ainda ficou com alguma pendência, me escreve, deixa um comentário por aqui, no Instagram… O importante é saber que estou do ladinho do Cristo, ou melhor, aos seus pés e consigo, em um piscar de olhos organizar o casamento dos seus sonhos lá!

Espero que tenham gostado,
Até a próxima,
Simone.

 

6 motivos para casar em Mônaco

Elopement Wedding em Mônaco

Acharam que eu tinha acabado meus posts de Mônaco, né? Até parece, eu ainda tenho muito, mas muito do que falar do principado do meu coração. Mas antes de entrar em cada um dos hotéis e passeios que fiz, queria reunir aqui 6 motivos para casar em Mônaco. E podem apostar, muitos deles não parecem óbvios, mas quando você pensa em um casamento longe de casa, eles se tornam fundamentais.

LEIA MAIS: Quem perdeu, neste post tem os top 3 hotéis de lá que eu recomendo

LOCALIZAÇÃO

Quando eu falo para os meus noivos que Mônaco tem apenas 2 km quadrados, quase todos me olham com uma cara de: “Jesus, não vai caber ninguém, não vai ter nada pra fazer, é um vilarejo”. rsrs.. Mas o que ninguém pensa é que justamente esta pequena distância é a melhor coisa para um destination wedding. Seus convidados e familiares podem sair à rua sozinhos, atravessar o principado inteiro em minutos, ir da cerimônia para a festa, do cabeleireiro ao hotel, do restaurante ao beach club, tudo sem precisar de transfer, sem precisar de carro… tudo à pé! Tem coisa melhor? Essa liberdade e experiência que você proporciona para os convidados é única, vai por mim. Ah, e pode acreditar, andar por Mônaco é muito seguro. As maiores e melhores polícias do mundo nasceram lá.

O que você vê atrás é quase metade do principado. Pequeno, mas charmoso, lindo e encantador

CLIMA

Esqueça o inverno congelante de Londres e Paris, o calor sem igual de Veneza e o temperamental clima grego. Mônaco se beneficia quase que 300 dias do ano por um clima perfeito. Até no alto inverno, onde as temperaturas despencam, os termômetros não costumam descer abaixo dos 13 graus, o que é tranquilo e muito semelhante ao nosso inverno aqui do Brasil. Ou seja, dá para casar a qualquer momento em Mônaco, sem se preocupar se está quente ou frio demais.

Outro destination wedding que o Aonde Casar organizou em Mônaco

VEJA TAMBÉM: Mais fotos do Elopement wedding que o Aonde Casar fez em Mônaco

PROGRAMAÇÃO

O clima bom não ajuda só a decidir a data, como também na programação. Diferente de outros países, onde o frio obriga muitos clubes e programas a fecharem, em Mônaco tudo funciona o ano inteiro. E se tem uma coisa que eles sabem fazer, isto é se divertir. Pense nas casas de show mais badaladas, nos beach clubes mais chiques, nos ballets mais emocionantes do mundo e no cassino mais glamuroso do planeta! Ah, já ia me esquecendo dos SPAs, que são eleitos os melhores do mundo. Mônaco tem tudo isso e muito mais. É uma verdadeira viagem no tempo e no glamour. Passei alguns dias lá, e engana-se quem pensa que consegui fazer tudo. São muitos programas e todos incríveis. E ainda tem a corrida de F1 mais icônica do circuito mundial, sou muitooo fã!

Com a diretora do Hotel de Paris e minha amiga e parceira em Mônaco Sabine

O SPA do hotel Hermitage, que é ligado ao Hotel de Paris. Ou seja, qualquer um dos dois pode aproveitaras mordomias

Yatch Club de Mônaco (quem for sócio de qualquer uma das unidades do Yatch ao redor do mundo, pode casar lá também)

GASTRONOMIA 5 ESTRELAS

Se não bastasse os hotéis 5 estrelas, os musicais e concertos mais lindos, Mônaco também tinha que ter a maior concentração de restaurantes com três estrelas Michelin do mundo. Fiquei arrasada quando li sobre a morte do master chef Joël Robuchon. Tive a sorte de vê-lo em ação e provar a sua maravilhosa comida. Ele, que é um dos maiores colecionadores de estrelas, tem não só o seu restaurante lá, como comanda a cozinha dos restaurantes mais bacanas e dos hotéis mais chiques de Mônaco. E tem para todos os gostos, do japonês ao italiano e francês. Ótimas opções para o pré e pós-wedding.

Cookpot de millet, um dos pratos mais pedidos do Hotel de Paris!

E MAIS: Tem mais fotos deste outro destination wedding em Mônaco que o Aonde Casar organizou

ESPAÇOS PARA QUALQUER TIPO DE CASAMENTO

Hotel de Paris, Hermitage, Monte Carlo Bay… (já falei sobre eles neste post), são alguns dos hotéis incríveis de Mônaco. O principado reúne o melhor da hotelaria cinco estrelas, com opções para diferentes gostos e bolsos. E todos os hotéis tem espaços super luxuosos para o “sim”. Salas pequenas, para mini weddings, até salões suntuosos, com arquitetura clássica para o um verdadeiro baile de gala.

O saguão do hotel Hermitage

Um casamento realizado no salão nobre do hotel de Paris

O teto retrátil do Le Grill, restaurante do Hotel de Paris que recebe mini weddings

GLAMOUR GRACE KELLY

Ah, e não poderia fechar este post de motivos para casar em Mônaco sem falar, claro, da verdadeira rainha e musa Grace Kelly. Eu não sei vocês, mas sou apaixonada por ela. E estar lá, andar por tudo que ela andou, viveu, construíu (sim, ela foi muito importante para Mônaco) é um sonho. Inclusive, o roteiro Grace Kelly é indispensável para quem for a Mônaco. Penso assim, se Grace Kelly encontrou o amor da vida dela e a felicidade em Mônaco, é porque isso realmente está lá. kkkk…

E ai, gostaram?
Espero que sim, pois eu estou cada dia mais apaixonada por Mônaco e louca para voltar com meus noivos. Ah, e lembrando que agora eu (Aonde Casar) tenho um escritório em Mônaco para atender os noivos brasileiros com os melhores profissionais do principado. Escreve pra gente 😉 contato@aondecasar.com.br

Beijos e até a próxima,

Simone 😘

 

Translate »