Especial destination wedding em Portugal: Lisboa, Sintra e Cascais

Hoje começo um especial aqui no blog que já fazia tempo que queria fazer. Na verdade, com o aumento significativo dos destination weddings em Portugal, estava em dívida com minhas noivas que me escrevem pedindo dicas e também um panorama maior do que é casar na terra de Camões!

Curta a página do Aonde Casar no Facebook!

Mas antes, queria elencar o que para mim são vantagens que só (ou em grande diferença) Portugal tem:

1 – LÍNGUA: quando a gente pensa em um casamento em outro país, a língua é sempre um ponto a ser levado em conta. Afinal, ninguém quer seus convidados tendo que contratar interprete para andar de um lugar a outro, ou mesmo pedir uma bebida no casamento. E Portugal sai em disparada na frente por ter o mesmo idioma que o nosso (mesmo que com suas variações).

2 – CLIMA: Portugal é ensolarado o ano quase que inteiro, principalmente de abril até setembro, onde há horário de verão e os dias ficam mais longos. O clima é agradável a maior parte do tempo, o que permite não ter tantas surpresas como outras regiões da Europa!

3 – GEOGRAFIA: Um país pequeno, muito pequeno, mas com uma diversidade cultural e geográfica que é impressionante. Em menos de quatro horas você atravessa o país inteiro e ainda consegue encontrar monumentos e paisagens que são de babar! Para passeios pré e pós-wedding, pra mim, é difícil encontrar algo assim.

4 – HOSPITALIDADE: O português é muito parecido com o brasileiro. Adora receber, adora agradar e acima de tudo, adora satisfazer! E isso é ótimo, porque diferente de outros locais onde os serviços e opções são mais engessadas, aqui conseguimos conversar melhor, manobrar algumas opções para o casamento.

Agora sim vamos para a primeira parte do roteiro, onde reúno Lisboa, Sintra e Cascais. E por que reunir essas três? Primeiro pela proximidade, seguindo pela facilidade de encontrar fornecedores. Apesar de Portugal ser um país pequeno, não é da cultura deles viajarem tanto como os fornecedores brasileiros, que estão mais acostumados a fazer festas de Norte a Sul! E terceiro, porque acho que as três conseguem atender diferentes tipos de noivos: dos urbanos de Lisboa, passando pelos amantes da história de Sintra, até os aventureiros e esportistas de Cascais.

VEJA TAMBÉM: 7 ideias de lembrancinhas para destination wedding em Portugal

LISBOA

Por ser uma capital, Lisboa tem suas vantagens, como o aeroporto para voos internacionais, uma maior opção de restaurantes e até de hotéis com diferentes tarifas para hospedar os convidados. Em termos de passeios, opções é o que não faltam, da Torre de Belém e Castelo de São Jorge para quem ama história, até o Estádio da Luz para os apaixonados por futebol ou alguma das vinícolas para os enófilos de plantão. Ah, eu adoro o bairro de Chiado, aqui para os casais fãs da boa gastronomia. Totalmente boêmio, ele é uma excelente pedida para ter ótimas experiências!

Adoro esse colorido que tem Lisboa

E as ruelas? Uma mais charmosa que a outra, assim como seus elétricos (como é chamado o bondinho na foto)

A praça do comércio, a mais famosa e imponente de Lisboa

Agora, falando de locais para casar, minha indicação mais que certeira é o Ritz Four Seasons, que inclusive já falei dele aqui no blog, neste post! Há tempos ele é considerado o melhor hotel de Lisboa, e muito por sua magnifica localização no coração da cidade (pertinho de tudo, dos centros históricos, restaurantes mais badalados e ruas de compras). O edifício, situado em um dos sete morros da cidade, foi projetado em 1952, ainda como Hotel Ritz. Em 1998, a top rede canadense Four Seasons assumiu a gestão, o que para mim é uma tranquilidade ainda mais para os noivos. Ter o selo de uma grande bandeira torna o hotel ainda mais “profissional”. Gosto de salientar isso, porque faz diferença quando o assunto é casamento. Um serviço impecável vale mais que qualquer suíte ou boa localização.

Olha que máximo o salão para realizar o casamento. Adoro estas sancas no teto. E dá para ver que é grande, eu estou bem pequenininha no meio da foto

O restaurante Varanda. Me emociono só de lembrar da vista dele, e de pensar em um welcome drinks ou almoço de despedida neste lugar

Com a querida Conceição, diretora do hotel, que me recebeu amavelmente, e me acompanhou na visita técnica pelo hotel

SINTRA

De Lisboa, seguimos para Sintra em uma viagem que não dura mais que 50 minutinhos de comboio (o trem deles, rsss), ou 30 minutos de carro. E sempre digo que é impossível não se encantar com Sintra. A cidadela é um mix de história e romantismo. Construída entre os séculos XVIII e XX, o destino é recheado de palácios (era parada dos nobres portugueses) e artes (escritores que amo, como Eça de Queiroz é de Sintra). Meus lugares favoritos para visitar são: Palácio de Monserrate, Palácio da Pena e Castelo dos Mouros . Todos são bons cenários para as fotos dos noivos.

Para mim, o que melhor resume Sintra: seus palácios lindos!

Outro dos palácios, aqui o Nacional de Queluz

para o casamento em si, eu adoro o Palácio de Seteais, que leva a bandeira Tivoli! O local é um sonho e ainda reúne diversos espaços para o “sim”. São três salões grandes e um jardim com labirintos de arbustos, bem no estilo palaciano mesmo. Fazer a cerimônia entre os limoeiros é algo assim indescritível. E se sua ideia é fazer um mini wedding, eu recomendo o restaurante do hotel, que tem uma vista linda para a serra de Sintra e menu pra lá de especial do chef Milton Anes. E se você decidir por casar no outono ou inverno, o hotel oferece um chá da tarde bem português, que é uma experiência deliciosa para os convidados. E ainda tem o Spa Anantara, fantastico! Recomendo para o pré e pós wedding, rsss!

Não sei se gosto mais do jardim, ou da vista que o Palácio de Seteais tem. Qual vocês preferem?

Um dos salões do hotel. Lindo, né?

CASCAIS

Outra das charmosas cidades pertinho de Lisboa, Cascais é o destino certo para quem os amantes de uma prainha e esportes. Litorânea, a cidade reúne praias lindas e bem diferentes entre si. O centrinho vale a parada, um charme só e reúne não só bons restaurantes e docerias, como lojas locais. E, por fim, eu sugiro visitar a Boca do Inferno, que tem uma vista lindaaa!

Predinhos fofos, colorids e um clima de cais super aconchegante

Um dos pontos turísticos mais famosos, o farol da praia de Santa Marta

Boca do Inferno que comentei, e que virou antônimo de Gregório de Mattos

Para o casamento, eu mais que recomendo o Palácio Estoril, que também já falei aqui no blog neste post. Além de uma arquitetura de faltar o ar (que me lembrou muuuuitttooo nosso idolatrado Copacabana Palace – acho que isso me deu um carinho ainda maior pelo espaço), o serviço inigualável tornou meus dias por lá únicos. É o refúgio da realeza desde a Segunda Guerra Mundial, retiro de verão de chefes de Estado de todo o mundo, e cenário para o longa “007 – Cassino Royale”. E olha que legal, fica a apenas cinco minutinhos andando da Igreja de Santo Antônio, no centro de Cascais, para os noivos que não abrem mão de uma cerimônia da igreja.

Eu e o jardim triunfante do Palácio de Estoril! Não parece mesmo o Copa?

Um resuminho da minha estadia deliciosa ahhh e o Spa do hotel é divino, é Banyan Tree, bandeira que eu sou apaixonada! Super recomendo 😉

E ai, o que acharam?

Espero que tenham gostado desta primeira parte do meu especial!

Até a próxima semana, na qual desembarco na região de Douro e Porto.

Beijos,

Simone.

 

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *

 

*

Translate »