Especial destination wedding em Portugal: Porto e Douro

Nem acredito que chegamos ao final do meu roteiro do especial destination wedding em Portugal (mas calma, ainda tem posts para acontecer dentro do especial). E hoje, meus destinos são: Porto e Douro, duas regiões que encantam e que fazem parte da viagem de qualquer pessoa à Portugal, principalmente para quem AMA, assim como eu, vinhos!

Curta a página do Aonde Casar no Facebook!

E você, assim como muitos noivos que me escrevem, deve estar pensando: por que eu me casaria na região do Douro, se o Porto é muito mais famoso? E a resposta vem de uma diferença básica: É no Porto onde estão os maiores e melhores envelhecedores e adegas de vinho de Portugal – e só isso! Se você quer uma vinícola, uma vista campestre dos sonhos e fotos lindas entre as parreiras, é para o Douro que você tem que ir. É de lá que saem os vinhos do Porto, ou grande parte dele. Entenderam?

QUANDO IR?

Dentre as facilidades que o hemisfério Norte, as estações bem definidas está entre as melhores, principalmente quando o assunto é casamentos. Portugal tem clima continental, onde o verão é beeeemmm quente e o inverno beeemmmm frio. Minha sugestão é sempre aproveitar a primavera e o outono (aqui, tomar cuidado com o final dele, porque já começa um friozinho bom).

PORTO

É ou não é uma graça essa vista?

O Porto é uma delícia. Por ter o vinho como base, a cidade traz lugares incríveis para passear, e até para organizar seu pré-wedding. Já pensou em um jantar em uma das caves da região? Eu acho um sonho! E se tem vinhos bons, tem restaurantes maravilhosos para harmonizar com cada garrafa.

Gosto muito da cidade em si. Cada viela, cada prédio, cada arquitetura traz um mar de história. O Porto é, para mim, bem mais moderna que Lisboa. A arte surge em vários momentos, principalmente os estilos gótico e art nouveau. São vários os lugares que eu recomendo visitar e colocar no roteiro dos seus convidados. O Cais da Ribeira, um dos cartões postais, é um charme e te leva para uma viagem à Idade Média.

O centro da cidade do Porto

The Yeatman

E para o casamento, eu gosto muito do hotel The Yeatman (acho que não só eu, já que ele é considerado o melhor hotel do Porto). Como falei no começo deste post, Porto e Douro são destinos certos para os amantes dos vinhos, e este hotel é a máxima hospedaria para esse público. Por lá, uma das maiores, se não a maior, carta de vinhos portugueses. Para harmonizar, e com criações deliciosas para casamentos, o menu do chef estrelado Ricardo Costa é de babar.

Com o selo Relais & Châteaux, o serviço não poderia ser menos que impecável. Os quartos são modernos, e a arquitetura do prédio, que fica em uma colina, foi pensada para garantir uma das vistas mais lindas do Porto de qualquer espaço. Para a cerimônia, eu recomendo o jardim, com o Porto como pano de fundo. Já para a festa, um dos super bem equipados salões.

A fachada já é um charme, mas não se engane com o tamanho…
… porque esta é a vista e os fundos do hotel. Onde estão essas pessoas podem acontecer o receptivo da festa
Estava bem nublado quando visitei, mas a vista é de morrer de linda!
Um dos salões para a festa
Outra opção, um pouco menor
Por qual você acha que eu comecei? rs!
Precisa de legenda esse quarto?
E a vista dos banheiros?

DOURO

Já está sentindo a paz que é a região do Douro?

Se o Porto é moderno, a região do Douro é o charme rural que me faz suspirar. O charme das vinhas cuidadosamente posicionadas no relevo do vale criam desenhos e imagens que eu nunca vi em lugar nenhum do mundo (e olha que já andei muito). O pôr-do-sol é um escândalo e ideal para o “sim”.

Dentre meus programas favoritos e que não podem faltar no seu destination wedding, o passeio de barco pelo Rio Douro está no topo da lista, seguido por uma degustação completa por uma das vinhas, como as Adegas da Quinta do Seixos. A viagem de comboio, um trem vintage, é ideal para ter um panorama maior da região (e uma boa pedida para uma viagem de casamento de poucos dias).

Quinta da Pacheca

Para casamentos, a minha favorita é o hotel-boutique vinícola Quinta da Pacheca. Um mix de ambiente familiar e estilo contemporâneo marcam este refúgio. São 51 hectares repletos de vinhedos que se estendem até o Rio Douro. E o hotel boutique, sim super moderninho, tem 15 quartos e uma área social na qual é possível organizar festas para até 60 pessoas (ótimo para welcome drinks e outros eventos periféricos aos casamento). Bem diferente do hotel que recomendei no Porto, que comporta até 220 convidados. Aqui, o mini wedding se faz necessário, principalmente pela questão da exclusividade.

Bem-vindos à Quinta da Pacheca
Logo na chegada, a alameda encanta e se torna cenário certo para lindas fotos do casal
Que tal fazer o welcome na cave?
Olha como fica legal!
Para a festa do casamento, minha opção favorita é ao ar livre…
… mas quem prefere ambientes fechados, salões completinhos e bem equipados não faltam na Quinta da Pacheca
São vários tipos e estilos de acomodações na Quinta da Pacheca, minha paixão são essas em formato de barril de cavalho

E ai, o que acharam? Qual das duas você prefere? Amo as duas por igual, principalmente porque são bem diferentes para mim. Se você perdeu alguns dos meus posts do Especial Destination Wedding Portugal, clique aqui para ver todos!

Até semana que vem, que vou trazer uma surpresa especial para fechar com chave de ouro nosso especial.

Beijos,
Até a próxima,
Simone

Deixe um Comentário

Seu email não será publicado.Campos obrigatórios marcados com *

 

*

Translate »